Engenharia de Inspeção e Manutenção de Tubulações Industriais

  • Carga Horária

    380 horas

  • Objetivos

    Qualificar profissionais na área de Engenharia com ênfase em Manutenção e inspeção de equipamentos e sistemas voltados para o segmento de exploração e produção de petróleo, considerando os Procedimentos de Execução, Prazos, Custos e Requisitos de Qualidade, Saúde, Meio Ambiente e Segurança.

  • Programa

    INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE TUBULAÇÕES INDUSTRIAIS (20h)

    Definições. Principais processos de fabricação. Tubos com costura. Tubos sem costura. Tubos extrudados. Tubos a partir de barras trepanadas. Principais materiais. Meios de ligação. Conexões. Assessórios.

     

    SOLDAGEM (40h)

    Nomenclatura, simbologia, materiais, técnicas de soldagem: eletrodo revestido, arco submerso, TIG, MIG, MAG, entre outras. Documentação (EPS, RQPS, IEIS). Acompanhamento da soldagem. Cálculos mecânicos. Inspeções de solda, qualificação soldador e inspetor.

     

    ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS (30h)

    Princípios dos ensaios visual de soldagem, líquido penetrante, partícula magnética, ultrassom, radiografia, gamagrafia. Ensaio de dureza. Teste de material, teste por pontos. Novas técnicas de ensaios não destrutivos.

    VÁLVULAS INDUSTRIAIS (40h)

    Definição de válvulas industriais. Mecanismos das válvulas. Válvulas gaveta, válvulas macho, válvulas globo, válvulas de retenção, válvulas borboletas, válvulas especiais. Testes em válvulas; Normas; Manutenção;

    NORMAS, CÓDIGOS E ESPECIFICAÇÕES (40h)

    Normas de especificação de materiais (ASTM). Código de padronização dimensional de elementos de tubulação, códigos de projeto de tubulações (ASME). Especificação de tubulações.

    INSPEÇÕES DE TUBULAÇÕES INDUSTRIAIS (40h) 

    Princípio das inspeções, técnicas de inspeção, realização de teste hidrostático, cálculo de sobreespessura, cálculo de vida remanescente, ligações flangeadas.

    FLEXIBILIDADE DE TUBULAÇÕES (40h)

    Definições. Tensões primárias e secundárias. Tensões térmicas. Deformação. Flexibilidade. Cálculo dos carregamentos. Fatores de Intensificação de tensões. Interpretação de resultados e acompanhamento de análise.

    MATERIAIS E MECÂNICA DA FRATURA (30h)

    Seleção de materiais e corrosão. Soldagem. Ensaios não destrutivos. Mecânica da fratura (ECA).

    MANUTENÇÃO (40h)

    Técnicas de Manutenção / Estratégias e Políticas de Manutenção. Programação e Controle de Manutenção. Indicadores de Manutenção. Análise e Diagnóstico de Vibrações. Gestão de Pessoas na Manutenção. Gestão de Processo de manutenção.

     

    PROTEÇÃO CATÓDICA, PINTURA E REVESTIMENTO (20H)

    Proteção catódica. Pintura On e Offshore. Revestimento de tubulações industriais

    NORMAS REGULAMENTADORAS (20h)

    Normas regulamentadoras brasileiras, em especial NR-13, NR-33 e NR-35, com foco na inspeção e manutenção de tubulações.

    METODOLOGIA DA PESQUISA (20h)

    Metodologia da pesquisa I. Metodologia da Pesquisa II. Orientação para o trabalho de final do curso.

  • Certificação

    De acordo com a legislação do MEC em vigor, serão concedidos certificados de Pós-Graduação – Lato Sensu, Especialização ou MBA, dos cursos ministrados pela Universidade Católica de Petrópolis, com o apoio do Instituto de Pesquisa, Educação e Tecnologia, aos alunos que obtiverem aproveitamento mínimo requerido (nota 7), frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) no curso e tiverem seu trabalho final de curso ( TCC) ou monografia aprovado.

  • Documentação

    • Identidade e CPF (cópia)
    • Certidão de Nascimento ou Casamento (cópia)
    • Comprovante de Residência (cópia)
    • Diploma de Graduação (cópia autenticada)
    • Histórico Escolar
    • 3 Fotos 3×4

  • Investimento

Unidade24 parcelas
*Valor até o dia 10
Valor da Mensalidade
(pagamento até o dia 10 de cada mês)
Rio de JaneiroR$ 422,28R$ 496,80

* Desconto de 15% para pagamento efetuado até o dia 10 de cada mês. 

Para pagamento à vista: desconto de 20% no valor total do curso

Taxa de matrícula: R$ 90,00