MBA- Gestão de Operadoras de Planos de Saúde e Odontológicos

  • Carga Horária

    360 horas

  • Objetivos

    Conhecer os aspectos legais, regulatórios, financeiros, administrativos, atuariais, assistenciais e de governança relacionados a gestão de patrocínio em saúde suplementar, além de metodologias de avaliação e monitoramento em saúde suplementar/plano de saúde, no âmbito da ANS e das operadoras.

  • Competências e perfil do especialista

    Os egressos estarão capacitados para Compreender a agir no sentido de cumprir as exigências legais, regulatórias e normativas da saúde suplementar. Atuar de forma proativa para consecução de resultados. Atuar em projetos estratégicos relacionados à Governança das operadoras; aprimorar a qualidade assistencial dos beneficiários; Preservar a sustentabilidade da gestão, atração de investimentos e garantia dos benefícios assistenciais; Gerir de custos administrativos e assistenciais relacionados aos planos de saúde e odontológicos; Atuar na análise e apuração de resultados, elaboração de medidas corretivas e estabelecimento de metas, supervisão e monitoramento das operadoras. 

  • Coordenação Acadêmica

    Sergio Ricardo Magalhães
    Executivo do Mercado de Seguros e Planos de Saúde com mais de 25 anos de experiência.

    • Foi superintendente técnico e comercial na SulAmérica Seguros.
    • Gerente de Riscos na Nacional Seguros.
    • Foi Presidente e membro de comissões técnicas na Fenseg.
    • Foi o mentor e coordenador acadêmico dos MBA da Funenseg.
    • Diretor de Seguros do Clube Vida em Grupo do RJ.
    • Acadêmico na Academia Nacional de Seguros e Previdência.
    • Coordenador Acadêmico no IPETEC/UCP.
    • Professor Universitário de vários programas de pós-graduação e graduação.
    • Mestre em Sistemas de Gestão pela UFF.
    • MBA em Gestão da Qualidade Total pela UFF.
    • Engenheiro Mecânico pela UGF.
    • Sócio-Diretor da Gravitas AP especializada em consultoria e treinamento.
  • Programa

    AMBIENTE ECONÔMICO DA SAÚDE SUPLEMENTAR – 18h

    Fundamentos A Tomada de Decisão baseada em Indicadores de Saúde. Compreendendo e Avaliando o Desempenho das Operadoras. O Indicador e as Negociações com Prestadores de Serviços. O Indicador e a Auditoria em Serviços de Saúde. O Indicador no Planejamento da Empresa. Equilíbrio Econômico-Financeiro. Construção e Utilização de Índices Financeiros. Benchmark. Eficiência na Gestão – Passivos. Eficiência na Gestão – Custos. Eficiência na Gestão – Investimentos. Construção de Indicadores e Modelos de Avaliação pela ANS. Métodos de Avaliação Econômica da Eficiência Técnica. Construção de Cenários Econômicos.

    ASPECTOS CONSTITUTIVOS E NORMATIVOS DA SAÚDE SUPLEMENTAR – 18h

    Histórico. Lei 9656/98. Criação da ANS. Operadoras. O Mercado de Saúde Suplementar. Estrutura e Principais Agentes do Mercado. Evolução da Saúde Suplementar. Sofisticação da Regulação e Supervisão das Operadoras. Impactos da Agenda Regulatória da ANS na Operação dos Planos de Saúde. Regulação de Aposentados e Demitidos. Prazos de Atendimento. Migração e Adaptação de Contratos. Portabilidade. Monitoramento Assistencial. Ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS). Envelhecimento Ativo. Outros Impactos das Novas Diretrizes. Panorama e Tendências

    CÁLCULO ATUARIAL, GESTÃO DE RISCOS E MODELOS DE SOLVÊNCIA – 18h

    Solvência. Riscos Econômico-Financeiros, Fundamentos da Regulação Prudencial na Saúde Suplementar. Quais os Riscos de uma Empresa de Saúde. Sinistralidade. Gerenciamento de Riscos Corporativos na Saúde Suplementar. Tendências da Regulação Internacional Baseada em Risco. Principais Provisões e seus Critérios de Avaliação. Métodos Tradicionais de Avaliação de Provisão. Nova Regra de Avaliação de Capital Regulatório de Operadoras. Medidas de Avaliação do Risco Regulatório.

    CONTABILIDADE APLICADA ÀS OPERADORAS DE SAÚDE SUPLEMENTAR – 18h

    Características dos produtos de saúde e odontológicos. Estrutura normativa para desenvolvimento de produtos de assistência a saúde e odontológicos. Coberturas e Riscos Excluídos – Lei 9656/98 e RN´s aplicáveis. Formas de contratação. Construção e balanceamento de Rede Referenciada. Tipos de operadoras (medicina de grupo, seguradoras, cooperativas, filantropias e autogestão) e suas características. Adequação ao ROL e oferta de procedimentos extra ROL. Critérios de subscrição de produtos empresariais e individuais. Políticas de aceitação, operação e alçadas. Cuidados na subscrição. Combate a fraudes na subscrição. Precificação em bases de risco e atuariais. Acompanhamento de performance. Saúde Ativa.

    DESENVOLVIMENTO DE PLANOS DE SAÚDE E PLANOS ODONTOLÓGICOS – 18h

    Características dos produtos de saúde e odontológicos. Estrutura normativa para desenvolvimento de produtos de assistência a saúde e odontológicos. Coberturas e Riscos Excluídos – Lei 9656/98 e RN´s aplicáveis. Formas de contratação. Construção e balanceamento de Rede Referenciada. Tipos de operadoras (medicina de grupo, seguradoras, cooperativas, filantropias e autogestão) e suas características. Adequação ao ROL e oferta de procedimentos extra ROL. Critérios de subscrição de produtos empresariais e individuais. Políticas de aceitação, operação e alçadas. Cuidados na subscrição. Combate a fraudes na subscrição. Precificação em bases de risco e atuariais. Acompanhamento de performance. Saúde Ativa.

    ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO E PROMOÇÃO EM SAÚDE SUPLEMENTAR – 18h

    Custo das doenças. Importância estratégica da adoção de prevenção e promoção na saúde pública e nas operadoras. Controle e monitoramento de doenças e grupos de risco. Prevenção na Saúde Suplementar. Estratégias de promoção da saúde. Desdobramentos e oportunidades para as operadoras. Melhores práticas nos projetos de Prevenção e Promoção. Saúde baseada em valor.

    GERENCIAMENTO DE RISCOS E CONTROLES EM SAÚDE SUPLEMENTAR – 18h

    Conceitos de risco e definições. Classificação dos Riscos. Riscos empresariais. Políticas de gerenciamento de riscos. Modelos de gerenciamento de riscos. Análise de contextos. Identificação de riscos. Análise e avaliação de riscos. Programa de resposta aos riscos. Monitoramento e controle. Fatores de sucesso e fracasso na gestão de riscos. Gestão de Riscos na Saúde Suplementar.. Definição de controles internos e riscos. Quais são as motivações dentro das instituições para melhor monitoramento de seus controles e como os agentes regulamentares (BACEN, SUSEP, ANS) requerem a implantação de um sistema de controles internos e de gerenciamento de risco. Exemplificação de riscos operacionais, crédito, mercado, estratégicos e subscrição. Análise de uma lista controles. Casos práticos envolvendo fraudes. Avaliação e análise de metodologia de controles (COSO e BASILÉIA II) e da Lei Sarbanes-Oxley. Modelo das 3 linhas de Defesa – IIA. Desdobramentos dos regramentos da ANS.

    GESTÃO DE CUSTOS ASSISTENCIAIS – 18h

    Custos diretos e indiretos envolvidos na saúde suplementar. Planejamento e orçamentação de custos assistenciais. Diferença entre investimentos e custos. Variação nos cenários em função de alterações no ROL de Procedimentos e das tecnologias em saúde. Custos com medicamentos. Custos com serviços auxiliares e terapias. Custos dos contratos de curto, médio e longo prazo. Gestão dos contratos com fornecedores de assistência à saúde. Substituição de custos. Acompanhamento e monitoramento de custos. Auditorias de contas médicas e hospitalares. Modelos de remuneração dos prestadores de serviço.

    GESTÃO DO ATENDIMENTO E OUVIDORIA – 18h

    Atendimento aos beneficiários de planos de saúde e odontológicos. Características do bom e do mau atendimento. Humanização do atendimento. Momentos da Verdade. Qualidade em serviços e no atendimento. Modelo do SERQUAL. Prevenção de NIPs. Processo de construção e atuação das Ouvidorias na saúde suplementar que teve sua exigibilidade a partir da Resolução Normativa-RN 323/13.

    GESTÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS DE SAÚDE – 18h

    Noções e conceitos relacionados à gestão em saúde, segurança do paciente e qualidade dos serviços de saúde, debatendo tópicos fundamentais tais como: Gestão da Clínica, Governança Clínica e Coordenação do Cuidado, Qualidade e Segurança do Paciente; Acreditação, Certificação e Métricas de qualidade em saúde. Modelos de atenção. Aplicações de qualidade em saúde, segurança do paciente e o uso e uso de métricas de qualidade em saúde. Benefícios e limites de Acreditação e Certificação em saúde.

    GESTÃO ESTRATÉGICA DE OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE E ODONTOLÓGICAS – 18h

    Planejamento estratégico em operadoras de planos de saúde e odontológicas: conceitos, características e componentes do processo. Formulação de estratégias e objetivos estratégicos. Planejamento estratégico: explicativo, normativo, estratégico e tático-operacional. Fases do Planejamento Estratégico (diagnóstico estratégico. Análise da ambiência interna e externa; Identidade organizacional: missão, valores e visão de futuro) Estratégias, diretrizes e políticas. Desenvolvimento de cenários. Elaboração e implementação do processo de planejamento estratégico institucional e setorial). Desdobramento do planejamento estratégico. Acompanhamento por Indicadores e metas. BSC na gestão estratégica de operadoras. 

    GESTÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA DE PLANOS DE SAÚDE E PLANOS ODONTOLÓGICOS – 18h

    O papel e as funções financeiras nas empresas. Conceitos Fundamentais de Finanças Corporativas. Os objetivos da gestão financeira. Ferramentas de análise e gestão financeira. Planejamento financeiro de curto e longo prazo. Orçamentação. Orçamento e as funções da administração. Orçamento: vantagens, limitações e aplicação nos diversos tipos de empresas. Elaboração do orçamento. Planejamento e controle administrativo através do orçamento. Planejamento e controles orçamentários de vendas. Planejamento e orçamento na área de produção. Controle das despesas. Orçamento variável. Controle dos custos. Funcionamento do orçamento na Saúde Suplementar.

    GESTÃO INTEGRADA DE SAÚDE E PRODUTIVIDADE – 18h

    Sistemas de Integrados (Qualidade, Meio Ambiente e SMS). ISO 45001/2018. Gestão da Saúde ocupacional e integração com a oferta e gestão de planos de saúde corporativos. Programas específicos para o controle dos problemas de saúde mais frequentes em populações de trabalhadores. Estratégias de promoção e prevenção da saúde no ambiente corporativo. Influências da oferta de benefícios na produtividade do trabalhador e das empresas.

    GOVERNANÇA CORPORATIVA EM SAÚDE SUPLEMENTAR – 18h

    Definição de governança corporativa, sua evolução e a visão do mercado brasileiro e internacional. Principais princípios e conceitos abordados pelo: Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IGBC), Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) e ANS. Como as boas práticas de governança corporativa podem beneficiar as atividades e os resultados das empresas na saúde suplementar. A razão das empresas investirem em governança corporativa e o que a governança não elimina. Princípios de ESG. Boas práticas de fortalecimento da GC em operadoras de saúde suplementar.

    GOVERNANÇA DE DADOS E COMPLIANCE COM FOCO NA LGPD – 18h

    Definição das medidas de governança e compliance que devem ser implementadas para garantir a conformidade às novas regras da LGPD na área de saúde complementar. Apresentação de conceitos e aspectos fundamentais da lei e as exigências impostas sobre gestão de dados, controle de riscos e segurança da informação, de modo a capacitar para atuar no planejamento, estruturação e desenvolvimento de programas e ações de implementação da LGPD na área de saúde suplementar.

    JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE E DA SAÚDE SUPLEMENTAR – 18h

    A criação do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Saúde Suplementar. Direitos sociais e direito à saúde. Responsabilidade civil objetiva e subjetiva. Dano e indenização. Contratos de planos de saúde e odontológicos. Responsabilidade Contratual. Principais eventos que geram judicialização: contratação, reajustes, ausência de informação, reclamações coberturas. Interfaces de judicialização com a ANS e a ANVISA. Processos administrativos, cíveis e criminais. Tendências da judicialização. 

    METODOLOGIA DA PESQUISA – 18h

    O Papel da ciência e da tecnologia. Tipos de conhecimento. Método e técnica. O processo de leitura e de análise textual. Citações e bibliografias. Trabalhos acadêmicos: tipos, características e composição estrutural. O projeto de pesquisa experimental e não experimental. Pesquisa qualitativa e quantitativa. Apresentação gráfica. Normas da ABNT. Monografias e arigos como TCC. Temáticas na Gestão de Operadoras de Saúde Suplementar e Odontológicas.

    MODELOS DE NEGÓCIOS NA SAÚDE – 18h

    Componente curricular destinado a aprofundar noções e conceitos relacionados à Modelo de Negócios Atual das Operadoras de Saúde Suplementar, debatendo tópicos fundamentais tais como: Perfil dos Clientes da Saúde Suplementar por Segmentação. Modelos de conformação de Rede de atenção: Horizontalização versus Verticalização. Desdobramento das Estratégias de Gestão em saúde: Uso Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) – Telesaúde e Telemedicina. Inovação e Proteção de Dados – Impactos da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD. Saúde Baseada em Valor: Valor em Saúde e Modelos de Remuneração baseado em Valor. 

  • Certificação

    Serão concedidos certificados de Pós-Graduação – Lato Sensu, Especialização ou MBA, dos cursos ministrados pela Universidade Católica de Petrópolis, com a Gestão Operacional do Instituto de Pesquisa, Educação e Tecnologia, aos alunos que obtiverem aproveitamento mínimo requerido (nota 7) nas disciplinas e tiverem seu trabalho final de curso ( TCC) ou monografia aprovado.

  • Documentação

    • Identidade e CPF (cópia)
    • Certidão de Nascimento ou Casamento (cópia)
    • Comprovante de Residência (cópia)
    • Diploma de Graduação (cópia autenticada)
    • Histórico Escolar
    • 3 Fotos 3×4
  • Investimento

Unidade24 parcelas
*Mensalidade até o dia 10
Valor da Mensalidade
Rio de JaneiroR$ 372,60R$ 414,00

* Desconto de 10% para pagamento efetuado até o dia 10 de cada mês.
Para pagamento à vista: desconto de 20% no valor total do curso.

Taxa de matrícula: R$ 90,00