Engenharia de Produção – Lean Manufacturing

Engenharia de Produção - Lean Manufacturing

Turmas

A distância - AO VIVO
A distância - ONLINE

Objetivos

Aprendizagem das ferramentas e técnicas avançadas de gestão lean; conceito de valor, cadeia de valor e criação de valor sob a ótica do cliente.
Conhecimento técnico das Ferramentas relacionadas a TPM –(Manutenção Produtiva Total) e FMEA – (Análise de Modos de Falha e seus Efeitos).
Atuação eficaz para manter e melhorar o desempenho da empresa, através de ações sobre rendimento da produção, qualidade do processo, produto, prazo de entrega, redução das perdas e balanceamento de mão de obra.

Perfil do Especialista

O perfil do aluno da Pós em Engenharia de Produção – Lean Manufacturing deve ser capaz de promover a melhoria contínua dos processos, com foco em eliminar desperdícios e aumentar os resultados, através de ferramentas avançadas de análise e solução de problemas.
Nesse contexto, o aluno deve ser capaz de criar um ambiente propício a implantação de mudanças e melhorias contínuas, com pessoas envolvidas no pensamento Lean; gerenciar recursos produtivos conforme os conceitos de Lean Manufacturing; analisar, identificar, planejar, utilizar ferramentas e técnicas para implantação de melhorias com a visão de eliminar desperdícios e aumentar os resultados; planejar, avaliar, implementar, gerenciar e manter processos produtivos envolvendo conhecimentos nas mais diversas áreas de competência; ser capaz de gerir equipes multifuncionais, resolvendo conflitos e atuando para que haja sinergia em grupos de trabalho; ser capaz de identificar possibilidades e limitações, propondo soluções para os problemas detectados nos projetos seguidos, aplicando os conhecimentos científicos e tecnológicos existentes na área; ser capaz de aplicar métodos e ferramentas avançadas do Lean e Six Sigma para otimização dos processos, eliminando trabalho sem valor agregado.

Programa

Carga Horária: 360h

Mentalidade enxuta. Conceito de valor, cadeia de valor e criação de valor sob a ótica do cliente. Os 7 desperdícios segundo Ohno. Os 14 princípios do sistema Toyota (Toyota Way). Noções de fluxo contínuo, Produção Puxada e Nivelada (sistemas puxados e Heijunka), Jidoka (autonomação), Padronização de tarefas, Gerenciamento visual. Conceito de Kaizen e processo de melhoria contínua.

Metodologia de Design Thinking. Experiência do usuário. Geração de alternativas. Empatia. Introdução a métodos para geração de ideias e inclusão de pessoas (funcionários, clientes, stakeholders…) no processo criativo. Tangibilização e resultados. Técnicas e Ferramentas Colaborativas e Centradas nas Pessoas: Gamestorming, Toolset de Design Thinking, Facilitação de dinâmicas despertando o mindset criativo.

Plano estratégico da empresa, utilizando a técnica do gerenciamento pelas diretrizes (Hoshin Kanri). Estabelecimento de metas (goals) e medidas (action plan). Diferenças entre gerenciamento pelas diretrizes e gerenciamento da rotina. Definição de responsabilidades e do papel de cada nível da organização. Integração do Hoshin Kanri com as ferramentas de solução de problemas em cada nível operacional.

Gerenciamento da Qualidade Total; Ferramentas e Métodos para Melhoria da Qualidade; Programas de Qualidade e Produtividade: Gerenciamento pelas Diretrizes, Gerenciamento de Rotinas, 5S, PDCA. Ação Gerencial / 5W1H – Padronização. Identificar os indicadores de desempenho relacionados com as atividades de rotina ou operacionais de cada cargo/função/pessoa. Atender às necessidades dos clientes/usuários. Transformar indicadores subjetivos em algo mensurável; Especificações.

Aprofundando à metodologia Lean Seis Sigma, abordando assuntos relacionados às melhorias de processos e serviços, preparando as pessoas para trabalharem conduzindo projetos Kaizens e Workshops no dia a dia, com o objetivo de alavancar os resultados das empresas, através das melhorias de produtividade, qualidade, redução de desperdícios e redução de custos, objetivando uma melhor lucratividade e competitividade frente aos concorrentes na busca da construção pela excelência operacional.

Criação do fluxo contínuo, onde são estudados o fluxo interno, layout e máquinas que fazem parte do processo produtivo, análise de disposição de recursos, diagrama de spaghetti, tipos de layout, identificação das atividades dos operadores, interpretação da demanda do cliente traduzindo-a no fluxo contínuo. Elaboração de o plano para cada peça (PPCP ou PFEP).

O Mapa de Fluxo de valor como bússola do processo, sendo base para atingir os estados futuros através de um concreto plano de ação. Entender o Mapa de Fluxo de Valor como um projeto e a figura do Líder do MFV como gerente de projeto. Realizar o mapa atual para uma empresa, vislumbrar e desenvolver o mapa do estado futuro desta empresa. Construir e gerir um plano de ação de implementação Lean e acompanhá-lo.

Compreender o desenvolvimento da manutenção e o sistema de gerenciamento dos ativos aplicados atualmente, baseado no Total Productive Maintenance e nos pilares da Manutenção Autônoma (AM) e Manutenção Planejada (PM) do Word Class Manufacturing (WCW). Este módulo busca o relacionamento entre o gerenciamento de ativos e o sistema de produção enxuta. Análise dos módulos de falha através da ferramenta FMEA.

Classificação dos diversos sistemas de produção, Linhas de montagem. Planejamento das necessidades de materiais, filosofia Just In Time (JIT), Produção Focalizada, minimização do lead-time, setup rápido.

Desperdícios no processo; Desenho macro do processo de desenvolvimento (estado atual); Identificação dos desperdícios; Sistema lean de desenvolvimento: foco no valor: Conhecimento para fluxos de valor rentáveis; Desenho do estado futuro (macro, aplicação das ferramentas Lean).

Ciclo de vida do gerenciamento do projeto – Processos de gestão: atividades de iniciação, planejamento, execução, controle e monitoramento e fechamento de um projeto. Áreas de conhecimento de gerenciamento de projetos: gerenciamento da Integração, Escopo, Cronograma, Custo, Qualidade, Recursos, Comunicação, Risco, Aquisições e Partes Interessadas do Projeto. Introdução a Métodos Ágeis.

Introdução a Filosofia Lean na Logística. Conceitos chaves para implementação da logística Lean. Principais áreas a serem geridas para obter maior eficiência. Entendimento dos efeitos do Lead Time. Efeito Chicote.

Planos de longo, médio e curto prazos, funções do PCP, Programação de uma célula de produção (takt time). Kanbans, Sistema de empurrar versus puxar a produção, Gerenciamento dos gargalos/restrições; Monitoração da produção; Indicadores-chaves do PCP; Estudo de casos e exercícios.

Estrutura organizacional voltada para processos; Papéis e responsabilidades; Ciclo de vida BPM; Desenvolvimento de Competências; Implementação de Ondas; Definição de Modelo de Referencia;; Estruturação e evolução de um escritório de processos; Roadmap.

Apresentação de modelos de aplicação Lean fora do ambiente fabril. O que é Lean e Lean Healthcare, Lean Office e Lean Service; As competências necessárias e os passos para a implementação; Como definir o que agrega valor e o que é desperdício; Como mapear a cadeia de valores.

Gerenciamento dos processos envolvidos em planejamento e controle com plano de custos, estimativa de custos, desenvolvimento do orçamento e controle de custos. Garantir que o projeto termine dentro do orçamento aprovado. Descreve e analisa métricas de geração de valor.

Cultura organizacional. Descreve a dinâmica do clima organizacional e propõe formas de avaliá-lo. Discute modelos e ferramentas para identificar situações ou áreas que requeiram mudança. Propõe estratégias, processos e instrumentos de gestão de mudanças.

Identificação de necessidades, motivação, impulsos e instintos; Ciclo da motivação; Ambiente, oportunidades, objetivos e incentivos e oportunidades; Forças motivacionais: realização, afiliação e competência; Desenvolvimento da liderança; Habilidade técnica, humana e conceitual.

O Capital Humano. Planejamento de Recursos; Contratar ou mobilizar a equipe do projeto; Desenvolver aequipe do projeto; Gerenciar a equipe do projeto; Funções, responsabilidades e relações hierárquicas do projeto; Ferramentas e técnicas: organogramas e descrições de cargos. Estrutura Analítica dos Recursos(EAR). Matriz de Responsabilidades (MR). Técnicas de Apresentação.

Roteiro de pesquisa / Projeto de pesquisa e monografia / TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Certificação

De acordo com a legislação do MEC em vigor, serão concedidos certificados de Pós-Graduação – Lato Sensu, Especialização ou MBA dos cursos ministrados pela Universidade Católica de Petrópolis aos alunos que obtiverem aproveitamento mínimo requerido (nota 7) em cada disciplina e seu Trabalho de Conclusão de Curso ( TCC) aprovado.

Aos alunos que não entregarem o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) será concedido certificado de Qualificação Profissional emitido pelo IPETEC – Instituto de Pesquisa, Educação e Tecnologia.

Documentação necessária

  • Identidade e CPF
  • Certidão de nascimento ou casamento
  • Comprovante de Residência
  • Diploma de Graduação
  • Histórico da Graduação
  • Foto 3×4

Engenharia de Produção – Lean Manufacturing

  • 24x de R$ 389,55 * Mensalidade até o dia 10
  • Taxa de matrícula: R$ 100,00 Mensalidade sem desconto: R$ 556,50
  • *Desconto de 30% para pagamento efetuado até o dia 10 de cada mês.